05/12/2019

Filipinas: passagem do tufão

O tufão Kammuri atingiu na noite de segunda-feira o sudeste de Luzon, a maior ilha do arquipélago, e na terça-feira, o sul da capital filipina.

Filipinas: passagem do tufão

Última atualização em 04.12.2019

Pelo menos 11 pessoas morreram nas Filipinas devido à passagem do tufão Kammuri. Outras 500 pessoas estão em centros de acolhimento, segundo dados do Centro Nacional de Gestão de Desastres, divulgados hoje (04) pelas autoridades locais. As regiões onde a Fazenda está presente foram atingidas com ventos que ultrapassaram a velocidade de 170Km/h.

A unidade da Fazenda masculina, em  Naga, recebeu algumas famílias das proximidades. A população buscou além da Fazenda outros pontos de evacuação. Muitas árvores foram arrancadas e a fiação elétrica destruída, no entanto, acolhidos, religiosas e missionários que vivem no local estão bem . 

Na região de Masbate, onde existem duas Fazendas (masculina e feminina), o estrago é maior. Os vizinhos que estão desabrigados chegaram à Fazenda em busca de ajuda, pois as famílias não têm o que comer, porque os ventos destruíram as plantações e as casas.

No final da tarde de segunda-feira (02) nossa equipe recebeu imagens e a mensagem de que as jovens, da unidade feminina, estavam abrigadas em apenas um quarto. O telhado da capela foi levado pelos fortes ventos e a casa que serve de abrigo teve vários cômodos danificados tanto pelo água como por causa do vento.

“Estão todas num quarto, porque dois quartos já estão cheios de água e com as janelas trancados....entra água pelos lados da casa e vem pelo chão também. Agora mesmo uma voluntaria me disse que está quase caindo o forro de um dos quartos. Elas estão no quarto do lado que o vento não esta vindo de frente. A fazenda masculina esta tudo bem falei com um padrinho”.  (Mensagem enviada por Cláudia Giordano, missionária que chegou no domingo (01) à Manila e ainda não pode viajar para a Fazenda  devido ao desastre).

Com isso,  os próximos dias serão difíceis. E o que podemos fazer para ajudar essas famílias a celebrar o Natal?

Só através da unidade e solidariedade a esses irmãos poderemos viver bem o tempo de preparo para o Natal, e levar a Esperança para mais pessoas, Jesus também quer nascer neste lugar.

Quando desastres como esse acontecem no Brasil, é calamitoso, com nossos irmãos não é diferente, eles também vivem na pobreza e o desespero é ainda maior. Por isso contamos com sua ajuda, para logo reconstruir essas casas e dar para eles este presente.

Para ajudar, doe para:

Caixa Econômica Federal

ag 0306
c/c 302-4
OP 003

Obra Social NS da Gloria
CNPJ 48.555.775/0001-50

Dúvidas e informações (12) 99664-6989 (wtsapp)

Fonte: com informações de Agência Brasil via RTP

Facebook Fazenda Esperança Twitter Fazenda Esperança Instagram Fazenda Esperança Redes Sociais

Rogai por nós! Nossa Senhora Aparecida #FazendadaEsperanca #SantodoDia

Uma publicação compartilhada por Fazenda da Esperança (@fazendaesperanca) em